Ouça agora na Rádio

N Notícia

Washington alerta: Daesh ameaça a segurança da Arábia Saudita

FOTO: © REUTERS/ Hamad I Mohammed

Washington alerta: Daesh ameaça a segurança da Arábia Saudita

O grupo terrorista Daesh representa uma crescente ameaça para a Arábia Saudita e possui potencial para desestabilizar esse país, alertou o Departamento de Estado dos EUA nesta segunda-feira, em um relatório de avaliação da segurança na Arábia Saudita Arábia.

"O ISIS [Daesh] se tornou em um potencial fator desestabilizador, com implicações diretas para a segurança do Reino. ISIS expressou a intensão de tomar o país", alegou o Conselho Consultivo de Segurança no Exterior do Departamento de Estado dos EUA (OSAC) em seu relatório. Todas as informações são da SPUTNIK NEWS.

 O relatório também advertiu que a Al-Qaeda na Península Arábica permanece sendo uma preocupação de segurança, já que não abandonou o objetivo de atacar o governo saudita e as entidades ocidentais no país.

Devido à presença do Daesh, da Al Qaeda e de outros grupos extremistas, o Departamento de Estado "avaliou Riad como um local de grande ameaça de atividades terroristas direcionadas contra ou afetando os interesses oficiais do governo dos EUA", afirmou o relatório.

No entanto, o relatório elogiou a Arábia Saudita pelos recentes avanços no combate ao terror, observando que Riad realizou prisões e frustrou as tentativas do Daesh de se infiltrar no país.

"A capacidade do governo saudita de combater o terrorismo transnacional e doméstico aumentou dramaticamente", afirmou o documento.

O relatório também observou que as áreas ao longo das fronteiras com o Iraque e o Iêmen continuam perigosas, já que a instabilidade continua a se espalhar em função dos conflitos nesses países vizinhos.

Os militantes houthis do Iêmen lançaram, em diversas ocasiões, mísseis contra a Arábia Saudita, embora os projéteis tenham errado os alvos pretendidos ou foram interceptados pelos militares sauditas.

 "Esta situação volátil, aliada ao aumento da imigração ilegal e do contrabando pela fronteira sul, constitui uma ameaça muito real para a Arábia Saudita", disse o relatório em referência à esses ataques.

O Conselho Consultivo de Segurança no Exterior produz relatórios regulares relativos à segurança em diversos países com objetivo de promover a cooperação de segurança entre o setor privado dos EUA e o Departamento de Estado.

FONTE: SPUTNIK NEWS
Link Notícia