Ouça agora na Rádio

N Notícia

Confira o que provoca maior explosão no espaço!

FOTO: © CC0 / Pixabay

Confira o que provoca maior explosão no espaço!

Uma das maiores explosões espaciais já observadas ocorreu a 2,4 bilhões de anos-luz da Terra. Astrônomos estão prontos para explicar o que a provocou.

Segundo declarou o astrônomo Jack Burns da Universidade de Colorado Boulder, a razão principal desse fenômeno se trata da colisão de dois grandes aglomerados galácticos, que se encontram para formar um aglomerado maior, chamado de Abell 115. As informações são da SPUTNIK NEWS.

 Devido à velocidade supersônica de união das duas galáxias, é criada uma camada de gás extremamente quente. Segundo Burns, a energia liberada no momento de coalisão é gigantesca.  

Os dois aglomerados de galáxias consistem em centenas de galáxias e cada um dos aglomerados pode ser do mesmo tamanho ou ainda maior do que a nossa galáxia — Via Láctea.

Na investigação destaca-se que para realizar observações de processos tão longínquos, cientistas utilizaram o Observatório de raios-X Chandra da NASA, bem como o radiotelescópio Karl G. Jansky Very Large Array, localizado no Novo México (EUA).

 "Falando em termos energéticos, o processo de colisão entre aglomerados de galáxias é a maior explosão no Universo desde o Big Bang [Grande Explosão — a teoria cosmológica dominante sobre o desenvolvimento inicial do universo]", diz o cientista estadunidense, acrescentando que "são sistemas massivos e dinâmicos, que continuam se desenvolvendo ainda hoje".

Aglomerados de galáxias são formados na rede cósmica do Universo, explica Burns. Eles são compostos por filamentos longos e estreitos de galáxias e gás intergaláctico, separados por vácuo. Astrônomos acreditam que tal rede espacial pode se estender por centenas de milhões de anos-luz. Considerando que um ano-luz é cerca de 10,6 trilhões de quilômetros, tal comprimento é espantoso.

FONTE: SPUTNIK NEWS
Link Notícia