Ouça agora na Rádio

N Notícia

Bisping chama Belfort de 'dopado' e recusa revanche no UFC; brasileiro esbraveja

FOTO: Reprodução/Instagram

Bisping chama Belfort de 'dopado' e recusa revanche no UFC; brasileiro esbraveja

Duelo em Londres marcaria aposentadoria dos veteranos, que trocam farpas

Todas as informações compartilhadas Superesportes

Ex-campeão do peso médio do Ultimate Fighting Championship, Michael Bisping recusou o desafio de Vitor Belfort para revanche no octógono. Como justificativa para rechaçar o combate no UFC em Londres, no dia 13 de março, o inglês apontou o histórico de doping do 'Fenômeno', que o derrotou em 2013, por nocaute técnico. O ‘Conde’ acusou o brasileiro de ter lutado dopado e relatou sequelas sofridas no duelo.

“Não vou lutar com Vitor Belfort em Londres. Não vou lutar com Vitor Belfort em Londres. Não vou lutar com Vitor Belfort em Londres. A chance de lutar com ele é zero”, repetiu Bisping, em declaração no próprio podcast, Belive You Me. Ele prosseguiu na justificativa e detonou o desafeto brasileiro.

“Todo mundo sabe que não gosto dele. Olhem para os meus olhos. Tenho esse problema no olho por causa dele. É por isso que eu não gosto de aparecer em vídeos, porque meu olho tem esse problema. Foi Vitor Belfort quem fez isso. E ele estava dopado! Ele é um trapaceiro e lutou dopado várias vezes. Ele é um hipócrita. Esta será a última luta da carreira dele, então imagina se ele não vai se dopar? Se for pego no antidoping, não mudará nada, pois ele estará aposentado. É óbvio que ele vai trapacear”, disparou.

Também prestes a se aposentar, Bisping afirmou que não deseja ser ligado à última luta da carreira de Belfort.  “Eu não gosto dele e não quero ser associado ao fim da carreira dele. Não o respeito e não quero isso para a minha última luta em Londres. Quero ser quem fui na maioria da minha carreira. Não quero um adversário como Vitor Belfort, alguém que desfigurou o meu olho e vai mexer com meu emocional. Eu prefiro subir ao octógono e encerrar a minha carreira de forma elegante. Não quero ser lembrado como um babaca. Quero viver o momento e agradecer a todos os fãs da Grã Bretanha por me apoiarem durante toda a minha carreira. Se eu terminar a carreira com atos negativos, vou me arrepender quando olhar para trás”, concluiu.

Belfort, que teve luta de despedida adiada na véspera, contra Uriah Hall, nesse doming, reagiu imediatamente aos comentários de Michael Bisping. O veterano considerou vergonhosa a recusa do rival e relembrou, com fotos, a vitória no UFC em São Paulo, em 2013.  

“Que vergonha, Michael Bisping! O UFC me informar que você recusou a luta. Entendo você estar com medo. Essas fotos explicam tudo, então pare de dizer que você é forte e admita que está com medo Eu achei que você era homem o suficiente para subir ao octógono comigo novamente, mas foi erro meu. Parece que, infelizmente, nós não vamos dar aos fãs a luta que eles querem assistir. Feliz aposentadoria. Deve ser ótimo sair do esporte pelos fundos. Ser uma lenda não é para qualquer um”, provocou.
FONTE: SUPER ESPORTES
Link Notícia