Ouça agora na Rádio

N Notícia

Divulgação/ Twitter UFC BR

FOTO: Divulgação/ Twitter UFC BR

Lyoto Machida bate norte-americano por pontos e volta a vencer no UFC

Brasileiro vinha de três derrotas consecutivas na categoria peso médio

Todas as informações compartilhadas Superesportes

Sob grande expectativa, Lyoto Machida lutou "em sua casa" no Ginásio do Mangueirinho, em Belém, no UFC Fight Night 125, e venceu Eryk Anders por pontos em decisão dividida (48-47, 47-48, 49-46), na noite de sábado. O brasileiro, que vinha de três derrotas consecutivas na categoria peso médio e um grande revés na carreira, uma suspensão por doping em 2016, recebeu o apoio e a vibração dos torcedores paraenses.

"Isso aqui não tem preço. Usei muitos chutes e muita movimentação. O Eryk é muito duro e um grande atleta e fico muito feliz com a vitória. Michael Bisping, vou atrás de você!", disse Lyoto após a vitória sobre Anders, que ainda não tinha derrotas em suas 10 lutas como profissional.

Foi uma luta muito estudada de ambas as partes, com muito respeito e com cuidado com a distância. Lyoto teve bons momentos durante o combate, sempre contragolpeando e demonstrando o controle habitual no octógono, se expondo muito pouco. Com muita movimentação e muitos chutes nos rounds iniciais, Machida foi aos poucos pontuando sobre o norte-americano, que pareceu intimidado em lutar com o ex-campeão dos meio-pesados.

Anders em alguns momentos pressionava mais, até abriu alguns cortes no rosto de Lyoto. Sua performance melhorou quando deu menos espaço para o brasileiro a partir do terceiro round, mas com golpes sem efetividade. Ambos demonstraram muito cansaço ao final dos cinco rounds.

Confira todos os resultados do UFC Fight Night 125, realizado na capital paraense:

CARD PRINCIPAL

Lyoto Machida venceu Eryk Anders em decisão dividida (48-47, 47-48, 49-46) pela categoria peso médio

Valentina Shevchenko venceu Priscila Cachoeira com um mata-leão no 2º round pela categoria peso mosca

Michel Prazeres venceu Desmond Green por decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28) na categoria peso leve

Timothy Johnson venceu Marcelo Golm por decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28) na categoria peso pesado

Douglas D'Silva derrotou Marlon Vera por decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27) na categoria peso galo

Thiago Marreta derrotou Anthony Smith por nocaute técnico no 2º round pela categoria peso médio

CARD PRELIMINAR


Serginho Moraes derrotou Tim Means em decisão dividida (28-29, 29-28, 29-28) na categoria peso meio-médio

Alan Nuguette venceu Damir Hadzovic por decisão unânime dos juízes (30-25, 30-27, 30-27) na categoria peso leve

Polyana Viana derrotou Maia Stevenson com um mata-leão no 1º round pela categoria peso palha

Iuri Alcântara derrotou Joe Soto por nocaute técnico no 1º round pela categoria peso galo

Deiveson Figueiredo derrotou Joseph Morales por nocaute técnico no 2º round pela categoria peso mosca

FONTE: SUPER ESPORTES / Agência Estado
Link Notícia