Ouça agora na Rádio

N Notícia

Di María brilha no lugar de Neymar, e PSG avança na Copa da França

FOTO: Sebastien Bozon/AFP

Di María brilha no lugar de Neymar, e PSG avança na Copa da França

Com hat-trick, argentino comanda classificação do time parisiense

Todas as informações compartilhadas Superesportes
 
O Paris Saint-Germain está classificado para as quartas de final da Copa da França. Contando com grande atuação de Di María, que anotou um hat-trick, e jogando na casa do adversário, no Stade Auguste Bonal, o clube vermelho e azul goleou o Sochaux por 4 a 1, em partida única válida pelas oitavas de final do torneio francês.
 
Apesar do placar elástico, o PSG sofreu na etapa inicial do confronto, assistindo os mandantes levarem perigo ao gol de Trapp mais de uma vez. Entretanto, no segundo tempo, a equipe mostrou sua superioridade completa e finalizou a montagem do marcador. Os gols da partida foram marcados por Di María (três vezes) e Cavani, em favor do Paris Saint-Germain, e Martin, para o Sochaux.
 
A equipe parisiense não contou com a presença de Neymar, poupado da partida pelo técnico Unai Emery. Com somente Thiago Silva iniciando de titular, os outros brasileiros do PSG começaram o confronto no banco de reservas: caso de Daniel Alves, que entrou no decorrer da partida e inclusive atuou como goleiro, Marquinhos e o naturalizado italiano Thiago Motta.
 
Com o resultado, os franceses garantiram o avanço para a próxima fase da competição nacional. O próximo oponente, no entanto, ainda não está definido, já que o sorteio das quartas de final ainda será realizado pela federação de futebol do país. O confronto será novamente em jogo único.
 
O jogo
 
Com menos de um minuto de jogo, o PSG já começou a demonstrar superioridade e inaugurou o marcador. Após roubo de bola na intermediária, Draxler comandou o contra-ataque dos franceses, distribuindo a bola na lateral para Mbappé. O atacante achou Di María livre na grande área e cruzou com perfeição, colocando a bola na cabeça do argentino, que não desperdiçou a oportunidade e abriu o placar logo no início da partida.
 
Entretanto, mesmo com a pressão seguinte do time de Unai Emery, que teve chances com Cavani, de letra, Di María e Mbappé, o Sochaux acordou para a partida e passou a ameaçar. Com ótimas oportunidades de Bergdich, Berenguer e Martin, a equipe de casa por pouco não chegava ao gol de empate. Mas essa indefinição durou pouco tempo.
 
Aos 13 minutos, o próprio camisa 10 anotou em favor dos mandantes. Após nova chegada ofensiva do Sochaux, a bola ficou na área para Alphonse. Depois do bate e rebate, o francês mostrou belo domínio, tirou da zaga do PSG e chutou firme, igualando o duelo.
 
Lá e cá, as duas equipes não se intimidavam em ir ao ataque. Os parisienses apostavam na velocidade pelas laterais, principalmente com Mbappé, enquanto o Sochaux voltou a oferecer perigo com Alphonse. Entretanto, a estratégia do PSG se mostrou superior: aos 26, Di María esperou a passada de Kurzawa pela esquerda. O francês cruzou rasteiro e encontrou Cavani, que se jogou na bola para balançar o fundo das redes e devolver as rédeas do confronto para os visitantes.
 
Após uma diminuição no ritmo da partida, muito por conta da intensidade imposta na parte inicial do período e por paralisações para atendimento médico no gramado, além da utilização de um sinalizador por parte da torcida do Sochaux, os líderes do Campeonato Francês tiveram chances para fazer o terceiro. A principal delas saiu da cabeça do brasileiro Thiago Silva, que acertou o travessão depois de cobrança de escanteio.
 
No segundo tempo, depois de dez minutos iniciais lentos por parte de ambas as equipes, o Paris Saint-Germain enfim chegou ao seu terceiro tento. Em bela troca de passes com Draxler, Verratti encontrou Di María arrancando pela lateral. O argentino recebeu a bola, esperou a saída do goleiro Ati e chutou cruzado, fazendo o seu segundo gol na partida.
 
Poucos minutos depois, o ex-ponta do Real Madrid e Manchester United mostrou que esta terça-feira era realmente a sua noite. Fazendo boa jogada individual, Cavani limpou o lance e chutou firme. O arqueiro do Sochaux permitiu o rebote, devidamente aproveitado pelo argentino, que dominou de sola e empurrou para o gol com a lateral do pé, decretando a goleada.
 
Nem mesmo a expulsão do goleiro Trapp, no minuto final do tempo regulamentar do segundo tempo, conseguiu tirar a classificação do PSG. O brasileiro Daniel Alves acabou figurando no gol no último lance, rendendo uma cena curiosa ao final da partida.
 
Olympique atropela equipe da segunda divisão e avança
 
Com impressionantes 9 a 0, o Olympique de Marselha foi outra equipe a carimbar vaga nas quartas de final da Copa da França nesta terça-feira. O brasileiro Luiz Gustavo marcou um gol, o primeiro do Marseille no confronto, inaugurando o marcador.
 
Depois, foi a vez de Payet, de pênalti, Ocampos (três vezes), Mitroglou (três vezes) e N’Jie balançarem o fundo das redes e sacramentaram a goleada do Olympique na partida. No outro confronto da competição, o Auxerre foi surpreendido em casa pelo Les Herbiers e disse adeus ao torneio: placar de 3 a 0 em favor da equipe da terceira divisão francesa.
FONTE: SUPER ESPORTES / Gazeta Press
Link Notícia